Card image cap

Adolescentes de 14 a 17 anos da zona urbana começam a ser imunizados em Aparecida

16 de Setembro de 2021 | Covid-19
Compartilhe:

“É uma satisfação estarmos hoje vacinando a faixa-etária dos menores de idade, e estarmos atendendo o público de 14 a 17 anos da zona urbana. Isso representa um grande avanço, sabendo que nossa equipe trabalha com um planejamento árduo e cumprindo todos os protocolos”, comentou a secretária Municipal de Saúde de Aparecida do Rio Negro, Sebastiana Luzia, ao comemorar a chegada da vacinação para os adolescentes de 14 a 17 anos da zona urbana no Município, que teve início nesta quinta-feira, 16.

De acordo com o levantamento da equipe de saúde, o Município conta com 313 pessoas nesta faixa-etária, e a expectativa é de atingir todo esse público. A vacinação está ocorrendo desde o início da manhã com uma grande procura por parte dos jovens, um dos públicos que mais aguardam as doses. Para receber a vacina o adolescente deve estar acompanhado de um responsável maior de idade. Conforme a secretária, um dos gargalos é que muitos jovens ainda não possuem CPF, documento necessário para a vacinação.

“Apesar das escolas exigirem toda a documentação completa, sabemos que nem todos tem essa documentação completa. Temos essa quantidade de 313 pessoas para vacinarem hoje, mas muitas podem não ser vacinadas por falta do CPF ou do acompanhante maior de idade”, pontuou Sebastiana.

Busca Ativa

Além dos adolescentes a Secretaria está vacinando também pessoas que ainda não compareceram para receber as doses, por meio da busca ativa. Nesta quinta-feira, 16, estão sendo disponibilizadas 498 doses para atingir os adolescentes e os remanescentes que ainda não se vacinaram acima de 18 anos, além da microárea da zona rural pertencente ao agente de saúde Manoel, que estava de férias. Desta micro área são esperadas 50 pessoas de 18 a 35 anos.

“Os outros Municípios podem estar bem avançados porque não fazem essa busca ativa, e nós temos uma preocupação muito grande de ter essa busca ativa todas as semanas. Eu observei que estamos com mais de 700 pessoas ainda sem vacinar. Algumas se recusaram, pois temos um público de quase 100 pessoas que tiveram recusa, e temos pessoas que não vieram mas não assinaram o termo de recusa. Muitos também vacinaram em Palmas e não ficamos sabendo aqui. Então hoje estamos fazendo essa busca ativa junto às pessoas que moram no Município e por um motivo ou outro não compareceram”, comentou a gestora da Saúde.

Planejamento

A secretária Sebastiana Luzia ressalta ainda que a equipe tem avançado na vacinação com muito planejamento. “Não chamamos todos os jovens hoje porque não tínhamos vacinas correspondentes para todos. Fazemos um trabalho com planejamento, buscando a lista desse público no Programa E-SUS, onde todas as pessoas do Município estão cadastradas, e buscamos os nomes e a quantidade de pessoas. Esse levantamento é feito toda semana”, explicou.

O público da próxima semana será os adolescentes de 12 e 13 anos da zona urbana, e dependendo da quantidade de doses que chegarem, os jovens de 16 a 17 anos da zona rural.

A Secretaria adotou a seguinte programação semanal: toda segunda-feira aplicação da segunda dose, e nas quintas-feiras a aplicação das primeiras doses no galpão da UBS.

Clique na imagem para expandir